A ESTRADA DO VINHO DE COTES DU RHONE: FRANÇA

29 abril, 2020

A ESTRADA DO VINHO DE COTES DU RHONE: FRANÇA

A estrada do vinho em Côtes du Rhône percorre o sul da França a partir de Avignon, passando por vales e colinas cobertas por vinhedos em socalcos, pontuadas por antigas aldeias de pedra. As uvas cultivadas nas Côtes, ou nas encostas do Vale do Rio Ródano, são transformadas em vinhos acessíveis, principalmente tintos, que estão cheios de notas de bagas e cerejas, especiarias e pimenta do terroir.

Este lugar hospitaleiro vai além do vinho, e oferece aldeias encantadoras, ruínas antigas e vistas que farão você querer ficar um pouco mais por lá.

   Domaine de Mourchon

A primeira parada é em Domaine de Mourchon. A degustação de vinhos, por lá, oferece notas ao paladar com tons terrosos e frutados. O guia de degustação de vinhos da Domaine de Mourchon é o proprietário Walter McKinlay, que se mudou da Inglaterra para iniciar a vinha da família entre Seguret e Mont Ventoux no final da década de 90.

  Montanha Le Col de la Chaine

Saindo de Domaine de Mourchon, o caminho passa por vinhas, casas de campo e por pequenos caminhos rochosos estreitos, que talvez nem devessem ser chamados de estrada por serem tão pequenos. É uma região montanhosa e bonita. Ao longe, é possível ver as impressionantes Dentelles de Montmirail que se erguem do campo. As vinhas estão por toda parte, e casas de cor creme com telhados laranja queimados pontilham as encostas.

 Domaine Saint Amant

A parada em Domaine Saint Amant vale apena não apenas pelo vinho, mas por suas paisagens com belas vistas. Em Domaine Saint Amant possui uma sala de degustação em seu topo, que vale a pena por cada sabor apresentado. Os mais pedidos aqui são leves e frutados como o La Borry (95% Viognier) e o Les Clapas, uma mistura de Grenache e Syrah da Cotes du Rhone.

  Suzette

Seguindo viagem, chegamos a Suzette, que não é muito mais do que um local amplo na estrada. Ainda assim, é digno de uma parada para olhar em volta rapidamente e apreciar do alto da colina as vistas brilhantes. Suzette possui uma capela do século XII, que parece ter sido colocada lá apenas para uma foto. O café Les Coquelicots é ótimo para tomar um drinque rápido - é impossível perder, porque é o único na cidade.

  Domaine de Durban

A 10 minutos de carro em direção a Beaumes de Venise chega-se em Domaine de Durban. Por lá, é possível encontrar vinhos bons e particularmente baratos, como o Viognier – Chardonay (5 €) que, inclusive é premiado na região por seu paladar especial.

Após este passeio

Depois desta viagem encantadora, é impossível não querer experimentar alguns dos sabores produzidos em Cotes Du Rhone, e o que é melhor, sem nem precisar sair de casa. Confira nossa sessão especial de vinhos do sul da França e não deixe de aproveitar a nossa seleção especial daquela região.




Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.


Ver artigo completo

A HISTÓRIA DA UVA GARNACHA
A HISTÓRIA DA UVA GARNACHA

16 julho, 2021

A Garnacha é uma uva de vinho tinto cultivada extensivamente na França, Espanha, Austrália e Estados Unidos. É particularmente versátil tanto na vinha como na adega, o que pode explicar porque é uma das uvas mais utilizadas na produção de blends do mundo inteiro. E para saber mais sobre este sabor inconfundível, fomos atrás de conhecer a história desta que é uma das uvas do velho mundo mais utilizada na produção de excelentes vinhos. Confira a seguir, tudo o que descobrimos sobre a Garnacha.

Ver artigo completo

A HISTÓRIA VINÍCOLA DA ESPANHA
A HISTÓRIA VINÍCOLA DA ESPANHA

15 julho, 2021

A Espanha é uma terra de paisagens deslumbrantes, história rica e uma cultura profunda e complexa na qual o vinho há muito desempenha um papel importante. As videiras são cultivadas na Península Ibérica desde pelo menos 3.000 a.c., embora não tenha sido antes de 1.000 a.c. que a vinificação começou a ser feita no país - uma habilidade trazida por comerciantes fenícios do Mediterrâneo oriental. Hoje, a Espanha é o lar de mais vinhas do que qualquer outro país do planeta e tem uma produção nacional de vinho superada apenas pela França e pela Itália.

Ver artigo completo

DESCOBRINDO A ESPANHA: OS VINHOS DE TORO!
DESCOBRINDO A ESPANHA: OS VINHOS DE TORO!

10 julho, 2021

Toro é uma região vinícola de Castela e Leão, no noroeste da Espanha, e está se tornando cada vez mais conhecida por seus vinhos tintos poderosos e encorpados feitos de Tina da Toro (Tempranillo). Em Toro também são feitas pequenas quantidades de vinho branco. Seu nome vem da cidade de Toro, um antigo assentamento a apenas 65 quilômetros a leste da fronteira portuguesa. Toro está localizado no rio Douro, que corta a metade norte da região e por este pedaço encantador e surpreendente da Espanha que iremos passear hoje. Neste artigo, vamos desvendar todos os segredos de Toro para você e conhecer mais sobre esta região tão famosa por seus vinhos.

Ver artigo completo