A família Wagner e seu legado em Napa Valley

23 janeiro, 2020

A família Wagner e seu legado em Napa Valley

Ser um apaixonado por vinhos, requer mais do que um paladar treinado. O conhecimento sobre as produções vitivinícolas também conta muito na hora de escolher um rótulo. Por isso, hoje você irá conhecer a história de uma das famílias mais tradicionais dos Estados Unidos, os proprietários da Vinícola Caymus, famosa pela produção de alguns dos Cabernets Sauvignon mais famosos e caros do mundo.

Os Wagners provêm de uma longa linhagem de produtores de vinho e vinicultores em Napa Valley, com uma tradição agrícola que remonta à década de 1850. Os pais de Chuck Wagner, Lorna Belle Glos e Charlie Wagner Sr., nasceram de famílias que ajudaram a moldar a indústria vinícola de Napa Valley no final dos anos 1800 através de muito trabalho duro, dedicação, espírito pioneiro e resiliência diante das adversidades. Eles são as famílias Glos, Stice e Wagner.

Os avós paternos de Lorna, Charles e Mary Glos, emigraram de Rhein Pfalz na Alemanha antes de 1880, conheceram e se casaram em San Francisco em 1881. De maneira pioneira, eles construíram 150 acres a 1600 pés de altitude na montanha Howell em 1885. Com suas próprias mãos, limparam o terreno para construir uma cabana, plantaram uma vinha de 14 acres e construíram uma estrada de cinco milhas que seguia para Crystal Springs Road. Eles viveram lá por vinte anos, enquanto o imigrante Charles encontrava trabalho em outros vales. Charles trabalhou nas vinícolas Bell e Greystone, a última a 8 quilômetros de sua propriedade, e é por isso que a família e os amigos o apelidaram carinhosamente de "o tolo que andava". Época difícil esta.

O filho de Charles Glos, Charlie, casou-se com Mabel Stice em 1910, criando sua família em uma propriedade de 13 acres situada no Rio Napa, a meio caminho entre os distritos de Rutherford e Oakville, em uma estrada que agora se chama Glos Lane. Charlie Glos cultivou sua própria terra e também trabalhou como homem do campo. Ele é creditado por ter inventado a técnica "chip bud", um método muito aprimorado de enxerto de campo de videiras europeias em porta-enxerto americano resistente a pragas, e que hoje é amplamente utilizado em todo o mundo. Charlie e Mabel tiveram sete filhos, sendo o quarto Lorna Belle Glos, nascido em 1915.

Atualmente:

Em 1972, Chuck Wagner fundou a Caymus Vineyards com seus pais, Charlie e Mabel, com um plano ousado e um futuro desconhecido. Trabalhando juntos por décadas, Chuck e seus pais estabeleceram a ética de trabalho da família, o apetite por inovação, a sensibilidade realista e a profunda apreciação dos prazeres de boa comida e vinho desfrutados com a família e os amigos.

Hoje, o Caymus Cabernet é um dos vinhos mais famosos da região. Feito de uvas cultivadas em 8 das 16 denominações de Napa Valley, com perfil frutado e taninos maduros. Chuck Wagner continua fazendo dois Cabernet Sauvignons de renome mundial - Caymus Napa Valley e Caymus Special Selection. Seleção Especial Cabernet Sauvignon é um dos vinhos do mundo a ser homenageado duas vezes como o “Vinho do Ano” pela revista Wine Spectator para as safras de 1984 e 1990.

Charlie e Chuck Wagner foram eleitos para o “Hall of Fame” também pela Wine Spectator em 2001 e, em 2007, Chuck recebeu o “Distinguished Service Award” da revista, concedido a indivíduos que deram uma contribuição significativa e duradoura ao negócio do vinho.

Embora a marca Caymus tenha crescido ao longo dos anos, esta continua sendo, de muitas maneiras, uma pequena empresa - decididamente não corporativa e totalmente familiar. Dois dos filhos de Chuck, Charlie e Jenny Wagner, agora trabalham ao lado dele. Todos eles se sentem extremamente afortunados por passarem seus dias em busca de vinhos extraordinários, ano após ano e geração após geração.

 

 




Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.


Ver artigo completo

A HISTÓRIA DA UVA GARNACHA
A HISTÓRIA DA UVA GARNACHA

16 julho, 2021

A Garnacha é uma uva de vinho tinto cultivada extensivamente na França, Espanha, Austrália e Estados Unidos. É particularmente versátil tanto na vinha como na adega, o que pode explicar porque é uma das uvas mais utilizadas na produção de blends do mundo inteiro. E para saber mais sobre este sabor inconfundível, fomos atrás de conhecer a história desta que é uma das uvas do velho mundo mais utilizada na produção de excelentes vinhos. Confira a seguir, tudo o que descobrimos sobre a Garnacha.

Ver artigo completo

A HISTÓRIA VINÍCOLA DA ESPANHA
A HISTÓRIA VINÍCOLA DA ESPANHA

15 julho, 2021

A Espanha é uma terra de paisagens deslumbrantes, história rica e uma cultura profunda e complexa na qual o vinho há muito desempenha um papel importante. As videiras são cultivadas na Península Ibérica desde pelo menos 3.000 a.c., embora não tenha sido antes de 1.000 a.c. que a vinificação começou a ser feita no país - uma habilidade trazida por comerciantes fenícios do Mediterrâneo oriental. Hoje, a Espanha é o lar de mais vinhas do que qualquer outro país do planeta e tem uma produção nacional de vinho superada apenas pela França e pela Itália.

Ver artigo completo

DESCOBRINDO A ESPANHA: OS VINHOS DE TORO!
DESCOBRINDO A ESPANHA: OS VINHOS DE TORO!

10 julho, 2021

Toro é uma região vinícola de Castela e Leão, no noroeste da Espanha, e está se tornando cada vez mais conhecida por seus vinhos tintos poderosos e encorpados feitos de Tina da Toro (Tempranillo). Em Toro também são feitas pequenas quantidades de vinho branco. Seu nome vem da cidade de Toro, um antigo assentamento a apenas 65 quilômetros a leste da fronteira portuguesa. Toro está localizado no rio Douro, que corta a metade norte da região e por este pedaço encantador e surpreendente da Espanha que iremos passear hoje. Neste artigo, vamos desvendar todos os segredos de Toro para você e conhecer mais sobre esta região tão famosa por seus vinhos.

Ver artigo completo