A família Wagner e seu legado em Napa Valley

23 janeiro, 2020

A família Wagner e seu legado em Napa Valley

Ser um apaixonado por vinhos, requer mais do que um paladar treinado. O conhecimento sobre as produções vitivinícolas também conta muito na hora de escolher um rótulo. Por isso, hoje você irá conhecer a história de uma das famílias mais tradicionais dos Estados Unidos, os proprietários da Vinícola Caymus, famosa pela produção de alguns dos Cabernets Sauvignon mais famosos e caros do mundo.

Os Wagners provêm de uma longa linhagem de produtores de vinho e vinicultores em Napa Valley, com uma tradição agrícola que remonta à década de 1850. Os pais de Chuck Wagner, Lorna Belle Glos e Charlie Wagner Sr., nasceram de famílias que ajudaram a moldar a indústria vinícola de Napa Valley no final dos anos 1800 através de muito trabalho duro, dedicação, espírito pioneiro e resiliência diante das adversidades. Eles são as famílias Glos, Stice e Wagner.

Os avós paternos de Lorna, Charles e Mary Glos, emigraram de Rhein Pfalz na Alemanha antes de 1880, conheceram e se casaram em San Francisco em 1881. De maneira pioneira, eles construíram 150 acres a 1600 pés de altitude na montanha Howell em 1885. Com suas próprias mãos, limparam o terreno para construir uma cabana, plantaram uma vinha de 14 acres e construíram uma estrada de cinco milhas que seguia para Crystal Springs Road. Eles viveram lá por vinte anos, enquanto o imigrante Charles encontrava trabalho em outros vales. Charles trabalhou nas vinícolas Bell e Greystone, a última a 8 quilômetros de sua propriedade, e é por isso que a família e os amigos o apelidaram carinhosamente de "o tolo que andava". Época difícil esta.

O filho de Charles Glos, Charlie, casou-se com Mabel Stice em 1910, criando sua família em uma propriedade de 13 acres situada no Rio Napa, a meio caminho entre os distritos de Rutherford e Oakville, em uma estrada que agora se chama Glos Lane. Charlie Glos cultivou sua própria terra e também trabalhou como homem do campo. Ele é creditado por ter inventado a técnica "chip bud", um método muito aprimorado de enxerto de campo de videiras europeias em porta-enxerto americano resistente a pragas, e que hoje é amplamente utilizado em todo o mundo. Charlie e Mabel tiveram sete filhos, sendo o quarto Lorna Belle Glos, nascido em 1915.

Atualmente:

Em 1972, Chuck Wagner fundou a Caymus Vineyards com seus pais, Charlie e Mabel, com um plano ousado e um futuro desconhecido. Trabalhando juntos por décadas, Chuck e seus pais estabeleceram a ética de trabalho da família, o apetite por inovação, a sensibilidade realista e a profunda apreciação dos prazeres de boa comida e vinho desfrutados com a família e os amigos.

Hoje, o Caymus Cabernet é um dos vinhos mais famosos da região. Feito de uvas cultivadas em 8 das 16 denominações de Napa Valley, com perfil frutado e taninos maduros. Chuck Wagner continua fazendo dois Cabernet Sauvignons de renome mundial - Caymus Napa Valley e Caymus Special Selection. Seleção Especial Cabernet Sauvignon é um dos vinhos do mundo a ser homenageado duas vezes como o “Vinho do Ano” pela revista Wine Spectator para as safras de 1984 e 1990.

Charlie e Chuck Wagner foram eleitos para o “Hall of Fame” também pela Wine Spectator em 2001 e, em 2007, Chuck recebeu o “Distinguished Service Award” da revista, concedido a indivíduos que deram uma contribuição significativa e duradoura ao negócio do vinho.

Embora a marca Caymus tenha crescido ao longo dos anos, esta continua sendo, de muitas maneiras, uma pequena empresa - decididamente não corporativa e totalmente familiar. Dois dos filhos de Chuck, Charlie e Jenny Wagner, agora trabalham ao lado dele. Todos eles se sentem extremamente afortunados por passarem seus dias em busca de vinhos extraordinários, ano após ano e geração após geração.

 

 




Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.


Ver artigo completo

AS MELHORES VINÍCOLAS PARA SE CONHECER NA SICÍLIA
AS MELHORES VINÍCOLAS PARA SE CONHECER NA SICÍLIA

17 maio, 2022

A Sicília é a maior ilha da Itália e por lá cerca de 450 vinícolas estão espalhadas por 23 regiões vinícolas reconhecidas, inclusive nas ilhas vizinhas Eólias e Egadi. O enoturismo é um grande impulsionador do mercado na Sicília, pois os enófilos viajam para descobrir os melhores vinhos sicilianos e as vinícolas mais características. Embora seja difícil restringir a lista, aqui estão nossas principais escolhas para as melhores vinícolas da Sicília, escolhidas por sua diversidade geográfica, facilidade de acesso, hospitalidade e qualidade. Vale lembrar que esta lista conta com locais que precisam de reserva prévia, ou seja, nada de visitar sem agendar.

Ver artigo completo

A SICÍLIA E A MAIOR PRODUÇÃO DE SYRAH DA ITÁLIA
A SICÍLIA E A MAIOR PRODUÇÃO DE SYRAH DA ITÁLIA

17 maio, 2022

Conhecida como Syrah na maioria dos países ao redor do mundo, essa variedade de uva provou ao longo dos séculos ser uma das uvas de vinho tinto mais poderosas e saborosas que existem. Hoje é uma das uvas mais cultivadas do planeta e é a preferida das vinícolas por sua robustez e versatilidade.

Ver artigo completo

EXPLORANDO OS VINHOS DE CADA REGIÃO DA SICÍLIA
EXPLORANDO OS VINHOS DE CADA REGIÃO DA SICÍLIA

10 maio, 2022

A Sicília é uma das regiões vinícolas mais interessantes da Europa, graças ao seu sol forte, às vinhas nativas e aos diferentes terroirs. Do ponto de vista geográfico e vitícola, a Sicília pode ser dividida em quatro macroáreas: leste, centro-oeste e ilhas Pantelleria e Favignana. E para explorar os sabores de cada uma destas áreas, preparamos um artigo completo para você conhecer. Confira a seguir.

Ver artigo completo