A ROTA DO VINHO DE PIEMONTE

05 março, 2019

A ROTA DO VINHO DE PIEMONTE

Hoje, vamos falar aqui sobre a região de Piemonte na Itália, conhecida por seus vinhos e suas trufas. Os vinhos mais famosos da região são o Barolo e o Barbaresco, mas existem muitos outros incríveis que vale a pena provar e desfrutar, como os Barbera, Freisa, Gattinara, Fara, Grignolino, Dolcetto, Ghemme.

Os vinhos Barolo e Barbaresco são provenientes da uva Nebbiolo. Enquanto o Barbaresco é mais leve, o Barolo é mais concentrado. O tempo de envelhecimento deles e teor alcóolico também são diferentes.

A região de Piemonte pode não ser tão estratégica para ser visitada em baixa temporada. Algumas vinícolas chegam a ficar cobertas de neves no inverno e muitas das principais atrações turísticas das cidades abrem apenas no verão por conta da alta temporada. Fora dela você provavelmente não conseguirá desfrutá-la em sua totalidade.

 Ao longo desse post, além de mostrar as cidades chaves para conhecer e suas melhores vinícolas, também vamos dar outras dicas para que sua viagem saia da melhor maneira possível! Mas vamos ao que interessa, confira nossa seleção sobre a região de Piemonte!

BAROLO 

Nada melhor do que começar falando da comuna italiana que dá o nome a um dos vinhos mais famosos da região. A cidade fica a 1 hora ao sul de Turim e é bem pequena, ela possui vilas charmosas, um castelo, belas paisagens, uma culinária incrível e é claro, muito vinho!

Lá também é possível visitar o Castello Falletti, o qual acredita-se que foi construído no século 10. Dentro dele fica o Museo del Vino – Wi-Mu, dedicado à história da vinificação da região e o topo do Castelo tem uma vista maravilhosa!

Ainda dentro do Castelo, fica a Enoteca Regionale (adega e sala de degustação).  você pode experimentar o vinho das onze zonas de Barolo DOCG e aprender mais detalhes sobre a região.

Dentre as vinícolas da cidade, você não pode deixar de visitar a VIETTI. Recentemente um de seus Barolos, o Riserva Villero 2007, conquistou 100 pontos da Wine Advocate/Robert Parker, que é um dos mais importantes críticos de vinhos do mundo. Apenas 3 vinícolas de Piemonte alcançaram essa pontuação, e Vietti é uma delas.

 

BARBARESCO

Agora vamos falar da comuna italiana Barbaresco, também localizada na província de Cuneo. Ela menor que Barolo, é uma vila de praticamente uma rua. Lá existem poucas opções turísticas, mas nem por isso menos importantes. O restaurante Antinè serve especialidades regionais e vale a pena ser visitado. Logo ao lado tem a Vineria dell’Enoteca, uma casinha onde é possível encontrar uma ótima seleção de vinhos vendidos em taça, para acompanhar são servidos queijos, embutidos e grissini. Lá também tem uma boa oferta de garrafas à venda, com safras mais antigas e exemplares raros, além de vários souveniers. Ali perto também está a  Enoteca Regionale del Barbaresco, que reúne diversos produtores. É um bom lugar para procurar informações sobre as vinícolas, comprar vinhos e ainda provar alguns dos rótulos vendidos em taça.

Essa comuna é incrível pra quem deseja ver mais de perto como é a vida dos habitantes da região e conhecer o lado menos turístico de Piemonte.

Dica extra: Se você for visitar a região de Piemonte, procure alugar um carro! As cidades são próximas e o trajeto é simples. Vale muito mais a pena do que utilizar outros meios de transporte.

Espero que vocês tenham gostado do post de hoje! Lembrem-se que não é necessário ir até a Itália para provar um delicioso Barolo, você pode adquirir o seu no nosso site agora mesmo!

 

 

 

 

 

 

 

 




Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.


Ver artigo completo

A HISTÓRIA DA VINÍCOLA CASTORO CELLARS: UM DIAMANTE DE PASO ROBLES
A HISTÓRIA DA VINÍCOLA CASTORO CELLARS: UM DIAMANTE DE PASO ROBLES

17 janeiro, 2022

Como quem segue a história do vinho sabe, empresários do vinho são homens e mulheres apaixonados pela bebida, agricultores ou ex-empresários bem sucedidos em outras áreas que resolvem se aventurar pelo mundo dos vinhos por pura paixão e busca de novos desafios.

Niels e Bimmer Udsen não são exceção. Após se cansarem da vida corporativa, resolveram apostar em algo que realmente eram apaixonados quando fundaram sua pequena vinícola em 1983. “Fomos a décima terceira vinícola em Paso Robles”, diz Niels. “Nunca pensei que haveria mais de 300 vinícolas aqui.” Os dois são os fundadores da Castoro Cellars, uma vinícola familiar muito apreciada na região de Paso Robles.

Ver artigo completo

O IMPACTO DA “LEI DE PROIBIÇÃO” NOS ESTADOS UNIDOS
O IMPACTO DA “LEI DE PROIBIÇÃO” NOS ESTADOS UNIDOS

17 janeiro, 2022

Como as leis de proibição tornaram a produção vinícola difícil nos Estados Unidos.

Todos temos a sorte de viver em uma época em que o vinho está a apenas um clique de distância, mas compreender os eventos históricos que influenciaram a cultura do vinho nos Estados Unidos pode nos dar uma visão e apreciação adicionais. Neste texto, vamos analisar o efeito que a proibição dos EUA teve sobre o vinho e o que isso significa atualmente na produção vinícola daquele país. Confira.

Ver artigo completo

A História de Paso Robles
A História de Paso Robles

12 janeiro, 2022

A história que remonta o passado de Paso Robles e faz desta uma das regiões vinícolas mais importantes do país.

Os visitantes da Costa Central muitas vezes procuram a região de Paso Robles para provar das safras de mais de 200 vinícolas espalhadas pelo local, mas é preciso saber aonde ir, uma vez que esta área é um tanto quanto mais “reservada” por assim dizer, e não possui tantos locais de degustação, quanto em outros lugares da Califórnia.

Ver artigo completo