ALGARVE: UMA DAS REGIÕES VINÍCOLAS MAIS LINDAS DE PORTUGAL

06 outubro, 2020

ALGARVE: UMA DAS REGIÕES VINÍCOLAS MAIS LINDAS DE PORTUGAL

Créditos: Unsplash

Praias e vinhos encantadores, conheça os encantos das melhores vinícolas de Algarve em Portugal.

A beleza transcendente do Algarve oferece muito mais do que mar e praias de tirar o fôlego. Uma paisagem repleta de campos verdes e colinas majestosas esconde paisagens deslumbrantes que vão fazer você se apaixonar pela região. É no meio destas maravilhas naturais que vivem 2.000 vinhas e quase 30 produtores, num ambiente sem chuva (o Algarve tem mais de 300 dias de sol por ano) e um solo fértil. Combinando a excelente oferta vinícola com a indústria do turismo de uma das regiões mais visitadas da Europa, todos os anos, surge o enoturismo - a valorização do sabor e aroma dos vinhos de uma região aliada à imersão nas suas tradições e culturas.

QUAIS ADEGAS E VINHAS VISITAR NO ALGARVE?

  • Quinta dos Vales

A bela Quinta dos Vales está situada na parte ocidental da região do Algarve. Com uma adega premiada, um jardim paisagístico decorado com esculturas de arte, um terraço panorâmico, e oferecendo alojamento completo e uma grande piscina exterior, esta quinta reúne num só lugar as maravilhas da natureza algarvia, além de vinhos de qualidade. Na vinha estão plantadas quinze castas diferentes, resultando numa vasta gama de vinhos tintos, brancos e rosés, que poderão ser degustados na prova de vinhos. A propriedade também inclui atividades como caminhadas, natação e ciclismo.

  • Quinta do Francês

A Quinta do Francês pertence a um médico francês que se apaixonou por Portugal e viu na serra de Monchique o local com que sempre sonhou iniciar a produção dos seus próprios vinhos. Com a ajuda da esposa, plantou oito hectares de uvas e, em 2006, a colheita permitiu as primeiras 5.000 garrafas. Atualmente, os visitantes da vinha podem ver as caves e provar 3 vinhos, acompanhados de petiscos tradicionais, por aproximadamente R$ 50 reais por pessoa, o que significa também uma grande oportunidade.

  • Adega de Cantor

“A Adega do Cantor”, assim chamada por ser propriedade do músico Cliff Richards, reúne uvas de três quintas - a do Moinho, Miradouro e Vale do Sobreiro - para produzir dois tipos de vinhos: Vida Nova e Onda Nova. Desde 2001, quase 100.000 garrafas por ano foram feitas. A visita a adega é repleta de barris para a degustação de vinhos, além de um passeio pelas magníficas plantações de uvas para sentir o clima relaxante do lugar.

  • Monte Cateleja

Depois de trabalhar no Rio Douro, onde foi responsável pela organização da equipa técnica que cuidava do mundialmente famoso Vinho do Porto, passando uma temporada na Montez Champallimaud LTDA e na Quinta do Tedo, Guillaume Leroux decidiu plantar 3 hectares de uvas no Algarve para iniciar a sua própria produção de vinho. Na vinha é possível fazer visitas guiadas e provas de vinhos com o próprio produtor todas as quartas e sextas-feiras, a partir das 15h. Estas visitas são a oportunidade perfeita para ficar a saber mais sobre o projeto Monte da Casteleja. Existe ainda a possibilidade de fazer apenas a prova de vinhos, realizada às terças e quintas-feiras entre as 15h e as 17h, pelo valor de 10 euros por pessoa. Na vinha Monte da Casteleja existe também o agroturismo, o que significa que pode ficar hospedado neste local encantador.

  • Quinta de Mata-Mouros

No século XII, após a conquista de Silves, foi erguido no local da vinha o Convento de Nossa Senhora do Paraíso, que durou até ao século XIX, com sua estrutura principal ainda preservada. Foi neste local de lendas e mitos, na margem esquerda do Rio Arade, que se iniciou o projeto “Convento do Paraíso”, com o intuito de produzir vinho e aproveitar as condições únicas e fantásticas da zona. A vinha de 12 hectares é vigiada de perto por equipes enológicas experientes e dedicadas, o que mais tarde se traduz em vinhos de qualidade superior como: Euphoria Tinto, Euphoria Rosé, Euphoria Branco, Convento do Paraíso Tinto e Imprevisto Tinto.

  • Quinta do Morgado da Torre

É na Quinta do Morgado da Torre, em Portimão, que se produzem os excelentes vinhos do Alvor. A adega, que existe desde 1999, está virada a sul, para se proteger dos ventos do norte, ao mesmo tempo que se beneficia da brisa do mar, que contribui para melhorar a qualidade das uvas. As uvas, selecionadas manualmente, dão origem a vinhos frutados com estrutura e bons aromas, entre os quais se destacam: Arinto, Verdelho, Sauvignon Blanc, Moscatel Galego e Síria, Syrah e Antão Vaz. Na Quinta do Morgado da Torre é possível fazer uma visita guiada pela adega, onde também é realizada a prova de vinhos.

 

Conheça os sabores mais encantadores da região de Algarve sem precisar sair de casa. Para isso, basta acessar nossa sessão exclusiva de vinhos portugueses e conferir a seleção especial que preparamos para você aproveitar. E se você gostou deste artigo, não se esqueça de compartilha-lo em suas redes sociais.

 

 

 

 

 




Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.


Ver artigo completo

RENASCIMENTO DOS VINHOS PORTUGUESES
RENASCIMENTO DOS VINHOS PORTUGUESES

26 outubro, 2020

Após um hiato de décadas, Portugal está crescendo novamente no paladar e no gosto dos especialistas de vinho do mundo inteiro.

Ver artigo completo

APRENDENDO A NAVEGAR NA TRADIÇÃO DOS VINHOS DE LISBOA: DICAS PARA CONHECER
APRENDENDO A NAVEGAR NA TRADIÇÃO DOS VINHOS DE LISBOA: DICAS PARA CONHECER

26 outubro, 2020

Ver artigo completo

A UVA TOURIGA NACIONAL E SUA ASSOCIAÇÃO COM A CABERNET
A UVA TOURIGA NACIONAL E SUA ASSOCIAÇÃO COM A CABERNET

29 setembro, 2020

A uva de vinho tinto mais apreciada de Portugal, a Touriga Nacional, há muito tempo é apontada por enólogos como uma potencial estrela do vinho português, muito além do vinho do Porto.

Ver artigo completo