AS MELHORES REGIÕES VINÍCOLAS DA ÁFRICA DO SUL

07 junho, 2021

AS MELHORES REGIÕES VINÍCOLAS DA ÁFRICA DO SUL

Créditos: Pixabay

Uma das novas e mais promissoras regiões do novo mundo, na produção de vinhos com excelente custo-benefício: vamos explorar um pouco mais sobre a África do Sul.

Saindo do Apartheid para um dos polos vinícolas mais importantes do mundo, a África do Sul vem, cada vez mais, produzindo vinhos que apresentam um custo-excelente pra lá de especial. Embora seja conhecida como uma região da Novo Mundo, seus vinhos podem ser considerados um meio termo. Por lá também se produzem variedades próprias, como o Pinotage. A seguir, você confere as regiões produtoras de vinho mais importantes da África do Sul, confira.

CONSTANTIA: A Constantia é uma região histórica que fica nos elegantes subúrbios ao sul da Cidade do Cabo (é onde os primeiros vinhedos foram plantados na África do Sul), agora passando por um pequeno renascimento. Além de ser uma bela região, as vinhas estão idealmente localizadas nas encostas da Montanha Constantia, onde são refrescadas pela brisa do mar. Apenas cinco propriedades produzem na região e todas são de excelente qualidade: Klein Constantia, Groot Constantia, Buitervenwachting, Constantia Uitsig e Steenberg.

ELGIN: Elgin é uma região relativamente nova na produção vinícola e possui frio. Elgin fica a leste de Stellenbosch, que ainda é predominantemente uma área de fruticultura. Por causa da altitude, geralmente é alguns graus mais frio do que as principais regiões vinícolas. O produtor líder é Paul Cluver, mas alguns dos outros 12 produtores de uvas aparentemente têm planos de engarrafar seus próprios vinhos em breve pra a distribuição em escala mundial.

FRANSCHOEK: O vale Franschoek é uma região pequena, mas significativa, no interior (a oeste) de Stellenbosch. Cercado pelas montanhas Drakenstein, a grande variedade de solos e chuvas relativamente altas permitem a produção de uma grande variedade de vinhos. É uma região mais quente do que Stellenbosch e, com sua profusão de restaurantes da moda, pode ser considerada a capital gourmet das vinícolas. Uma viagem fácil de um dia saindo da Cidade do Cabo.

PAARL: A região de Paarl é famosa à noroeste da Cidade do Cabo e lar de vários produtores importantes, incluindo Veenwouden, Nederburg, Fairview, Glen Carlou e Plaisir de Merle. Tradicionalmente, Paarl é uma região de vinhos brancos, mas com seu clima mediterrâneo e terroirs, agora está se concentrando mais nos tintos. Mais quente do que Stellenbosch, os melhores vinhos vêm de vinhedos mais elevados.

STELLENBOSCH: Stellenbosch está a uma curta distância a leste da Cidade do Cabo. Esta é a principal área vinícola do país e abriga muitas das propriedades mais importantes da África do Sul. A cidade em si é dominada pela Universidade e, apesar de seu tamanho relativamente grande, tem uma sensação bastante relaxante. Vinhas rodeadas por montanhas proporcionam vistas encantadoras, e a rota do vinho, que leva os turistas por diversos trilhos, está bem marcada. Existem várias sub-regiões diferentes e a sua geologia é bastante complexa. De forma simplista, os solos de base granítica no leste são especialmente adequados para a produção de vinhos tintos finos, enquanto os solos de arenito no oeste são melhores para os brancos.

Este mês de Junho, a turma do SmartBuy Wine Club vai provar uma seleção de rótulos exclusiva da região, preparada especialmente para quem gosta de vinhos. Clique aqui e acesse nossa sessão especial daquele país e não se esqueça de compartilhar este artigo nas suas redes sociais, caso tenha gostado.




Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.


Ver artigo completo

A HISTÓRIA DA VINÍCOLA CASTORO CELLARS: UM DIAMANTE DE PASO ROBLES
A HISTÓRIA DA VINÍCOLA CASTORO CELLARS: UM DIAMANTE DE PASO ROBLES

17 janeiro, 2022

Como quem segue a história do vinho sabe, empresários do vinho são homens e mulheres apaixonados pela bebida, agricultores ou ex-empresários bem sucedidos em outras áreas que resolvem se aventurar pelo mundo dos vinhos por pura paixão e busca de novos desafios.

Niels e Bimmer Udsen não são exceção. Após se cansarem da vida corporativa, resolveram apostar em algo que realmente eram apaixonados quando fundaram sua pequena vinícola em 1983. “Fomos a décima terceira vinícola em Paso Robles”, diz Niels. “Nunca pensei que haveria mais de 300 vinícolas aqui.” Os dois são os fundadores da Castoro Cellars, uma vinícola familiar muito apreciada na região de Paso Robles.

Ver artigo completo

O IMPACTO DA “LEI DE PROIBIÇÃO” NOS ESTADOS UNIDOS
O IMPACTO DA “LEI DE PROIBIÇÃO” NOS ESTADOS UNIDOS

17 janeiro, 2022

Como as leis de proibição tornaram a produção vinícola difícil nos Estados Unidos.

Todos temos a sorte de viver em uma época em que o vinho está a apenas um clique de distância, mas compreender os eventos históricos que influenciaram a cultura do vinho nos Estados Unidos pode nos dar uma visão e apreciação adicionais. Neste texto, vamos analisar o efeito que a proibição dos EUA teve sobre o vinho e o que isso significa atualmente na produção vinícola daquele país. Confira.

Ver artigo completo

A História de Paso Robles
A História de Paso Robles

12 janeiro, 2022

A história que remonta o passado de Paso Robles e faz desta uma das regiões vinícolas mais importantes do país.

Os visitantes da Costa Central muitas vezes procuram a região de Paso Robles para provar das safras de mais de 200 vinícolas espalhadas pelo local, mas é preciso saber aonde ir, uma vez que esta área é um tanto quanto mais “reservada” por assim dizer, e não possui tantos locais de degustação, quanto em outros lugares da Califórnia.

Ver artigo completo