O AUMENTO DA QUALIDADE DOS VINHOS BRASILEIROS

12 agosto, 2019

O AUMENTO DA QUALIDADE DOS VINHOS BRASILEIROS

O AUMENTO DA QUALIDADE DOS VINHOS BRASILEIROS

Os vinhos brasileiros sempre foram pouco valorizados e muito longe do padrão de ernacional. A boa notícia é que essa realidade tem mudado bruscamente!

A baixa qualidade dos vinhos brasileiros, em sua maioria, era devido a utilização de uvas comuns em sua produção. Os produtores se deram conta disso, e estão deixando uvas que não são viníferas somente para a produção de sucos.

Nos últimos anos, a exportação de vinhos, espumante e suco de uva tem crescido muito, e sabemos que o potencial de expansão é ainda maior. De acordo com o Ibravin (Instituto Brasileiro do Vinho), a área de produção vitivinícola no país passa dos 79 mil hectares.

O sucesso recente do vinho brasileiro no mercado internacional é atrelado especialmente à inovação. A tradição europeia trazida pelos imigrantes foi adaptada e modificada por milhares de pequenos produtores, em especial no sul do Brasil. Como resultado temos um vinho leve, frutado, com presença moderada de álcool e com características únicas de acordo a especialidade da zona produtora.

Em 2018, as vendas de vinho nacional apresentaram um crescimento de 13,31% em comparação a 2017. Os dados são do Cadastro Vinícola (mantido em parceria entre a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do Estado do Rio Grande do Sul (SEAPDR/RS), Ibravin e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. No total, foram produzidos e comercializados 411.529.292 litros de vinhos, espumantes, sucos e outros derivados da uva. Enquanto as importações em geral caíram cerca de 7%, o mercado de vinho teve uma média de crescimento registrada nos últimos cinco anos de quase 30%. 

O Brasil é o quinto maior do Hemisfério Sul e o 13º maior produtor de vinhos do mundo. Os nossos produtos são exportados para 59 países em cinco continentes. Olhando assim, podemos começar a valorizar mais o que já temos.

A consultoria britânica Wine Intelligence sempre divulga as suas previsões para o mercado global do vinho e o Brasil não ficou de fora delas. Algumas das hipóteses recentes da empresa foram certeiras e estão se concretizando a cada dia, incluindo a que envolvia o nosso país. Uma das previsões dizia que os espumantes continuariam a crescer globalmente impulsionados por Brasil, China e Canadá. E bingo! O Brasil realmente tem se destacado mais a cada dia quando o assunto é espumante!

Não sei vocês, mas nosso coração se enche de alegria e orgulho de ver nosso país crescendo e se tornando referência em algo que tanto amamos: vinho!

Assim incentivamos todos a deixarem seus preconceitos de lado e sermos os primeiros a valorizar aquilo que temos no quintal de casa! Se você está preparado, confira alguns vinhos brasileiros que temos em nosso site! 




Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.


Ver artigo completo

OS 5 PRINCIPAIS TIPOS DE UVAS NA PRODUÇÃO DE VINHOS EM PASO ROBLES
OS 5 PRINCIPAIS TIPOS DE UVAS NA PRODUÇÃO DE VINHOS EM PASO ROBLES

13 agosto, 2020

Ver artigo completo

Paso Robles
Paso Robles

03 agosto, 2020

As vinícolas de Paso Robles são muito famosas na região onde estão localizadas, no estado da Califórnia. Mesmo com grandes nomes da indústria vinícola, há também pequenos locais de gerência familiar que podem produzir apenas alguns vinhos de suas próprias uvas. A região é mais descontraída, rural e despretensiosa do que outras áreas vinícolas dos Estados Unidos. Neste artigo, iremos aprender um pouco mais sobre Paso Robles e seus encantos.

Ver artigo completo

BAROSSA VALLEY: OS VINHOS DO SUL AUSTRALIANO
BAROSSA VALLEY: OS VINHOS DO SUL AUSTRALIANO

03 agosto, 2020

As vinhas da Austrália cobrem 170 mil hectares em diferentes regiões vinícolas de Nova Gales do Sul, Austrália Meridional, Victoria, Austrália Ocidental, Tasmânia e uma área menor em Queensland. O país foi o 7º maior produtor vinícola em 2015 com cerca de 1.200 milhões de litros de vinho produzido. Hoje faremos uma viagem ao sul do 4º maior exportador de vinhos do mundo e vamos conhecer um pouco mais sobre sua cultura vinícola.

Ver artigo completo