OS MELHORES VINHOS ENCORPADOS DO NOVO E DO VELHO MUNDO

08 dezembro, 2020 1 Comentário

OS MELHORES VINHOS ENCORPADOS DO NOVO E DO VELHO MUNDO

Créditos: Unsplash

Saiba quais variedades dão origem aos melhores vinhos encorpados do Novo e do Velho Mundo.

Quando se trata de termos como vinhos do Mundo Novo e do Velho Mundo, pode ser que ocorra um pouco de confusão, mas calma que nós vamos lhe ajudar com estas nomenclaturas. Quando alguém usa o termo Velho Mundo, está se referindo a vinhos produzidos em países que são considerados os berços do vinho, ie, na Europa e Oriente Médio. Alguns dos países que fazem parte do Velho Mundo incluem: França, Espanha, Itália, AlemanhaPortugal. Já os vinhos do Novo Mundo vêm de países que costumavam ser colônias, incluindo os Estados Unidos, e estão em climas mais quentes, o que, de modo geral, faz com que os vinhos do Novo Mundo sejam mais encorpados e com sabores de frutas mais ousados.

Os países do Novo Mundo incluem: Estados Unidos, Nova Zelândia, Austrália, Chile, Argentina e muitos outros que nem conseguimos listar aqui.

Neste artigo, iremos conhecer alguns dos vinhos encorpados do Novo – e do Velho – Mundo que fazem sucesso em todo o planeta. Curioso? Então confira a seguir.

MALBEC E CARMENERE: A resposta da Argentina ao Malbec e a versão do Carmenere do Chile são algumas das mais conhecidas. Ambos os vinhos são únicos e originais quando comparados aos seus ancestrais europeus.

CABERNET SAUVIGNON, PINOT NOIR E CHARDONNAY: Gostar de vinhos encorpados é, literalmente, gostar da Europa. Estas variedades têm sua origem na França e na Itália e, atualmente, são tão influentes que já podem ser consideradas como “uvas internacionais”, visto que algumas das melhores garrafas destas queridas variedades também podem ser encontradas em países do Novo Mundo, como é o caso dos Estados Unidos e do Chile.

SHIRAZ: Os vinhos produzidos com a Shiraz também possuem um paladar pra lá de marcante, e podem ser encontrados em origens diferentes. Os produtores mais comuns destas uvas e que, consequentemente, possuem seus melhores vinhos são Austrália e França, mas também é possível encontrar vinhos Shiraz, tão bons quanto, em países como Estados Unidos, Portugal e Chile.

ZINFANDEL: Zinfandel é uma uva que produz alguns dos vinhos tintos encorpados, mais saborosos do mundo. Conhecida na Europa como primitivo, foi levada para os Estados Unidos por imigrantes italianos e seu cultivo se tornou muito popular na Califórnia.

CHENIN BLANC: A Chenin Blanc é de origem francesa, e é responsável pela produção de um dos vinhos brancos mais encorpados do mundo. Os vinhos de origem Chenin Blanc dispõem de uma acidez muito equilibrada e uma complexidade inigualável. Além da França, ela também produz alguns dos rótulos de vinhos encorpados mais saborosos e famosos da África do Sul.

Existem outras variedades de uvas que oferecem vinhos encorpados pra lá de especiais, tanto no Novo, quanto no Velho Mundo. Estas – citadas acima - são algumas das principais e que estão mais presentes na fabricação de alguns dos melhores vinhos do mundo. 

Acompanhe nossos posts sobre vinhos e aprenda com a gente!

 

 

 




1 Resposta

ARNALDO MARCON
ARNALDO MARCON

29 janeiro, 2021

Boa abordagem e comentário oportuno quedos vinhos brancos tb são encorpados ,robustos e retrogosto prolongado
Sugiro citar dentro de sua uva específica algumas sugestões l
Por ex
Cabernet sauvignon = Oak Silver
Um bom ano vamos mudar 2021 da água para vinho!!
Feliz Ano Novo

Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.


Ver artigo completo

A HISTÓRIA DA UVA GARNACHA
A HISTÓRIA DA UVA GARNACHA

16 julho, 2021

A Garnacha é uma uva de vinho tinto cultivada extensivamente na França, Espanha, Austrália e Estados Unidos. É particularmente versátil tanto na vinha como na adega, o que pode explicar porque é uma das uvas mais utilizadas na produção de blends do mundo inteiro. E para saber mais sobre este sabor inconfundível, fomos atrás de conhecer a história desta que é uma das uvas do velho mundo mais utilizada na produção de excelentes vinhos. Confira a seguir, tudo o que descobrimos sobre a Garnacha.

Ver artigo completo

A HISTÓRIA VINÍCOLA DA ESPANHA
A HISTÓRIA VINÍCOLA DA ESPANHA

15 julho, 2021

A Espanha é uma terra de paisagens deslumbrantes, história rica e uma cultura profunda e complexa na qual o vinho há muito desempenha um papel importante. As videiras são cultivadas na Península Ibérica desde pelo menos 3.000 a.c., embora não tenha sido antes de 1.000 a.c. que a vinificação começou a ser feita no país - uma habilidade trazida por comerciantes fenícios do Mediterrâneo oriental. Hoje, a Espanha é o lar de mais vinhas do que qualquer outro país do planeta e tem uma produção nacional de vinho superada apenas pela França e pela Itália.

Ver artigo completo

DESCOBRINDO A ESPANHA: OS VINHOS DE TORO!
DESCOBRINDO A ESPANHA: OS VINHOS DE TORO!

10 julho, 2021

Toro é uma região vinícola de Castela e Leão, no noroeste da Espanha, e está se tornando cada vez mais conhecida por seus vinhos tintos poderosos e encorpados feitos de Tina da Toro (Tempranillo). Em Toro também são feitas pequenas quantidades de vinho branco. Seu nome vem da cidade de Toro, um antigo assentamento a apenas 65 quilômetros a leste da fronteira portuguesa. Toro está localizado no rio Douro, que corta a metade norte da região e por este pedaço encantador e surpreendente da Espanha que iremos passear hoje. Neste artigo, vamos desvendar todos os segredos de Toro para você e conhecer mais sobre esta região tão famosa por seus vinhos.

Ver artigo completo