OS VINHOS DE MONTALCINO E SEU LEGADO HISTÓRICO

24 setembro, 2020

OS VINHOS DE MONTALCINO E SEU LEGADO HISTÓRICO

Créditos: Pixabay

Um itinerário de degustação de vinhos em uma das regiões históricas da Itália.

Localizada a menos de 50 km ao sul de Siena, a estrada para Montalcino passa por algumas das paisagens mais pitorescas da Toscana, incluindo as colinas de Val d'Orcia e Creti Senesi. A altitude e o clima da região de Montalcino proporcionaram uma área onde o Sangiovese amadurece de maneira mais completa e consistente do que em qualquer outro lugar da Toscana. Esses fatores contribuem para o corpo, a cor, o extrato e os taninos comumente associados ao Brunello di Montalcino. Mas o que será que está escondido pelas paisagens de Montalcino? Descubra mais sobre esta que é uma das regiões mais lindas e históricas da produção vinícola mundial, localizada na Itália.

CONHECENDO A CIDADE: Posicionada no topo de uma colina, a cidade de Montalcino domina o vale com suas muralhas medievais e a fortaleza do final do século 13. Ela se estende para incluir a encantadora Abadia de Sant'Antimo ao sul, com San Quirico a leste de suas fronteiras e Bagno Petriolo a oeste. O território de Montalcino não precisa de incentivos para produzir vinhos de qualidade; de ​​fato, os achados arqueológicos sugerem que até mesmo os etruscos estavam cientes das deliciosas qualidades intrínsecas da terra. A posição permite uma exposição solar ideal que amadurece perfeitamente as uvas para um produto que é particularmente adequado para longos períodos de envelhecimento com um sabor, fragrância e aparência superiores.

A região vitivinícola de Montalcino cobre 24.000 hectares e o território quadrangular é limitado pelos rios Ombrone, Asso e Orcia, no entanto, apenas 15% (aproximadamente 4.000 hectares) é cultivado com vinhas que sustentam mais de 200 produtores!

BRUNELLO: Uma “invenção” relativamente nova, o vinho Brunello foi “criado” em meados de 1800 depois que Clemente Santi decidiu diversificar a produção de vinho na área, que se concentrava principalmente em um vinho branco doce chamado Moscadello di Montalcino. Seus experimentos resultaram em um vinho “bruno” ou marrom, daí o nome Brunello.

NASCIMENTO: Foi em 1869 na Exposição Agrária de Montepulciano que o seu vinho, "um seleto vinho tinto (Brunello) de 1865", foi mencionado e premiado. Para muitos, esta é a data que marca o nascimento dos vinhos Brunello, destacando-se dos demais vinhos de base Sangiovese pela sua tendência para a longevidade.

Com mais de 200 produtores nesta área específica, é quase impossível pensar em visitar todos eles. Embora não o culparemos se você quiser tentar, mas antes de seguir direto para os vinhedos, é imprescindível dar uma volta pelo " Museo della Comunità di Montalcino e del Brunello ". Esculpido em um antigo estábulo na fazenda de Fattoria dei Barbi, este museu irá guiá-lo através da história não apenas do vinho, mas da comunidade, do povo, de sua cultura e tradições. Este passeio no tempo lhe dará uma nova perspectiva para acessar a paisagem, os vinhedos e os habitantes locais enquanto você visita a área.

Quer experimentar as delícias desta região, antes de comprar sua passagem para a Toscana? Então não deixe de conferir nossa sessão especial de italianos preparada especialmente para você. E caso tenha gostado deste conteúdo, não deixe de compartilhá-lo com seus amigos e seguir nossos perfis nas redes sociais.




Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.


Ver artigo completo

A HISTÓRIA DA VINÍCOLA CASTORO CELLARS: UM DIAMANTE DE PASO ROBLES
A HISTÓRIA DA VINÍCOLA CASTORO CELLARS: UM DIAMANTE DE PASO ROBLES

17 janeiro, 2022

Como quem segue a história do vinho sabe, empresários do vinho são homens e mulheres apaixonados pela bebida, agricultores ou ex-empresários bem sucedidos em outras áreas que resolvem se aventurar pelo mundo dos vinhos por pura paixão e busca de novos desafios.

Niels e Bimmer Udsen não são exceção. Após se cansarem da vida corporativa, resolveram apostar em algo que realmente eram apaixonados quando fundaram sua pequena vinícola em 1983. “Fomos a décima terceira vinícola em Paso Robles”, diz Niels. “Nunca pensei que haveria mais de 300 vinícolas aqui.” Os dois são os fundadores da Castoro Cellars, uma vinícola familiar muito apreciada na região de Paso Robles.

Ver artigo completo

O IMPACTO DA “LEI DE PROIBIÇÃO” NOS ESTADOS UNIDOS
O IMPACTO DA “LEI DE PROIBIÇÃO” NOS ESTADOS UNIDOS

17 janeiro, 2022

Como as leis de proibição tornaram a produção vinícola difícil nos Estados Unidos.

Todos temos a sorte de viver em uma época em que o vinho está a apenas um clique de distância, mas compreender os eventos históricos que influenciaram a cultura do vinho nos Estados Unidos pode nos dar uma visão e apreciação adicionais. Neste texto, vamos analisar o efeito que a proibição dos EUA teve sobre o vinho e o que isso significa atualmente na produção vinícola daquele país. Confira.

Ver artigo completo

A História de Paso Robles
A História de Paso Robles

12 janeiro, 2022

A história que remonta o passado de Paso Robles e faz desta uma das regiões vinícolas mais importantes do país.

Os visitantes da Costa Central muitas vezes procuram a região de Paso Robles para provar das safras de mais de 200 vinícolas espalhadas pelo local, mas é preciso saber aonde ir, uma vez que esta área é um tanto quanto mais “reservada” por assim dizer, e não possui tantos locais de degustação, quanto em outros lugares da Califórnia.

Ver artigo completo