PROGRAMA DE COOPERAGE: POR TRÁS DOS INVESTIMENTOS DA VINÍCOLA SILVER OAK

30 dezembro, 2019

PROGRAMA DE COOPERAGE: POR TRÁS DOS INVESTIMENTOS DA VINÍCOLA SILVER OAK

A Vinícola Silver Oak, localizada na Califórnia, Estados Unidos, é responsável pela produção de alguns dos Cabernets Sauvignon mais espetaculares do mundo, dedicando sua produção exclusivamente à produção da bebida.

Sua trajetória de mais de 40 anos, traz muitas histórias de superação como um incêndio que atingiu as instalações da vinícola em 2006 queimando parte da produção. Seus donos, irmãos e proprietários, nunca se deixaram abalar pelas fases ruins da empresa, buscando sempre investir na qualidade e na produção de vinhos excepcionais. E foi pensando no desenvolvimento da companhia familiar que adquiriram a propriedade da Cooperativa A&K, no estado americano do Missouri, para que pudessem operar uma cooperativa que produz barris de carvalho americano.

Ray e Tim Duncan, que já haviam adquirido uma participação de 50% na cooperativa em 2000 enxergaram a propriedade como uma oportunidade para manter padrões exigentes de fabricação de barris e garantir um fornecimento consistente de madeira envelhecida. A cooperativa agora é chamada de "The Oak Cooperage".

Os irmãos ficaram empolgados em estender sua filosofia de inovação e aprimoramento constante em todas as etapas dos processos de vinificação. 

Na escolha das uvas

A Silver Oak complementa as frutas de propriedade da vinícola com uvas dos principais produtores independentes em todas as denominações de Napa e Alexander Valley, dando à sua equipe de vinificação acesso às frutas de mais alto calibre para tornar o Cabernet da melhor qualidade.

Na escolha das rolhas: Um Compromisso com a Qualidade

Nenhum detalhe é esquecido na busca de excelentes vinhos, e isso inclui a qualidade da cortiça. A Silver Oak utiliza o método de “imersão a seco” com uma equipe de pesquisadores da Cork Supply USA. Este método trouxe à vinícola uma das menores taxas de contaminação de cortiça em garrafas de grande formato na indústria do vinho:

0,53% mancha de cortiça X o padrão da indústria de 4%.

No envelhecimento em barris de sua produção e nas garrafas

Além do envelhecimento nos barris tostados a medida certa para o perfil dos vinhos da Silver Oak, o tempo prolongado na garrafa é um dos fatores mais importantes na hora de se produzir vinho! Um vinho tinto encorpado leva 12 meses para se recuperar totalmente e mostrar a expressão completa da fruta que possuía antes do engarrafamento. Na Silver Oak, este tempo do vinho na garrafa é prolongado, e garante como resultado final um estupendo Cabernet com teor alcóolico moderado (13-14,1%).

Por estas e outras, a Silver Oak não pode ser considerada apenas como uma vinícola de cabernets sauvignons, mas deve ser enaltecida como uma companhia que preza por desenvolver vinhos de qualidade, investindo em todos os processos com inovação, técnica e tecnologia, sem perder a qualidade e a tradição. Vale a pena experimentar este Cult wine!




Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.


Ver artigo completo

OS 5 PRINCIPAIS TIPOS DE UVAS NA PRODUÇÃO DE VINHOS EM PASO ROBLES
OS 5 PRINCIPAIS TIPOS DE UVAS NA PRODUÇÃO DE VINHOS EM PASO ROBLES

13 agosto, 2020

Ver artigo completo

Paso Robles
Paso Robles

03 agosto, 2020

As vinícolas de Paso Robles são muito famosas na região onde estão localizadas, no estado da Califórnia. Mesmo com grandes nomes da indústria vinícola, há também pequenos locais de gerência familiar que podem produzir apenas alguns vinhos de suas próprias uvas. A região é mais descontraída, rural e despretensiosa do que outras áreas vinícolas dos Estados Unidos. Neste artigo, iremos aprender um pouco mais sobre Paso Robles e seus encantos.

Ver artigo completo

BAROSSA VALLEY: OS VINHOS DO SUL AUSTRALIANO
BAROSSA VALLEY: OS VINHOS DO SUL AUSTRALIANO

03 agosto, 2020

As vinhas da Austrália cobrem 170 mil hectares em diferentes regiões vinícolas de Nova Gales do Sul, Austrália Meridional, Victoria, Austrália Ocidental, Tasmânia e uma área menor em Queensland. O país foi o 7º maior produtor vinícola em 2015 com cerca de 1.200 milhões de litros de vinho produzido. Hoje faremos uma viagem ao sul do 4º maior exportador de vinhos do mundo e vamos conhecer um pouco mais sobre sua cultura vinícola.

Ver artigo completo