Queimadas na Australia

14 fevereiro, 2020

Queimadas na Australia

 Os vinicultores da região vinícola de Adelaide Hills, no sul da Austrália, estão avaliando suas vinhas e propriedades depois que um incêndio florestal atingiu a região no final deste ano passado. Mais de 60 vinhedos e vinícolas foram impactados, com alguns viticultores perdendo todas as suas uvas apenas alguns meses antes do início da colheita.  O incêndio de Cudlee Creek ocorreu em 20 de dezembro nas montanhas a leste de Adelaide, a capital do Sul da Austrália. Alimentado por condições quentes, secas e ventosas, o incêndio dizimou 57.000 acres e destruiu mais de 80 casas.

 Adelaide Hills é uma das regiões vinícolas de clima frio mais conhecidas da Austrália. A região está localizada nas cordilheiras do monte elevado e faz fronteira com o vale de Barossa ao norte e o vale da McLaren ao sul abrigando 90 rótulos de vinhos diferentes, com cerca de 8.150 acres de vinhedos. 

 

Alguns produtores de vinho estão relatando danos significativos às suas uvas e as videiras. Os incêndios florestais geralmente queimam as ervas por baixo das videiras e dos postes de treliça, mas essas chamas têm sido suficientemente quentes e lentas para queimar algumas das vinhas. As uvas foram ainda mais impactadas. Os incêndios chegaram quando as uvas ainda estavam amadurecendo. A colheita geralmente ocorre entre fevereiro e março no Hemisfério Sul, mas os produtores de vinho podem começar a colher suas uvas já em janeiro nas regiões mais quentes da Austrália. Neste ano, no entanto, as uvas foram praticamente torradas ainda em sua época de maturação, direto no pé. 

A perda da safra deste ano pode significar falência para alguns produtores de vinho, já que os produtores e vinícolas estão em um ponto particularmente difícil em termos financeiros depois de uma safra de 2019 que foi 50% abaixo da média. Os danos causados ​​pelos incêndios nas vinhas e a falta de frutas que resultam disso, farão com que algumas vinícolas sejam obrigadas a fechar as portas. Uma lástima!

Pode levar anos para a indústria do vinho australiano se recuperar nas regiões atingidas pelos incêndios, porque grande parte destas regiões precisarão passar pelo replantio, e se houver uma recuperação integral, suas videiras possivelmente não darão frutos até 2022. Aquelas que foram chamuscadas, serão refeitas na primavera e serão produtivas novamente até a safra de 2021, mas se tratando de novas plantas para uma nova colheita, o período varia entre 3 a 4 anos de espera.

 




Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.


Ver artigo completo

A HISTÓRIA DA VINÍCOLA CASTORO CELLARS: UM DIAMANTE DE PASO ROBLES
A HISTÓRIA DA VINÍCOLA CASTORO CELLARS: UM DIAMANTE DE PASO ROBLES

17 janeiro, 2022

Como quem segue a história do vinho sabe, empresários do vinho são homens e mulheres apaixonados pela bebida, agricultores ou ex-empresários bem sucedidos em outras áreas que resolvem se aventurar pelo mundo dos vinhos por pura paixão e busca de novos desafios.

Niels e Bimmer Udsen não são exceção. Após se cansarem da vida corporativa, resolveram apostar em algo que realmente eram apaixonados quando fundaram sua pequena vinícola em 1983. “Fomos a décima terceira vinícola em Paso Robles”, diz Niels. “Nunca pensei que haveria mais de 300 vinícolas aqui.” Os dois são os fundadores da Castoro Cellars, uma vinícola familiar muito apreciada na região de Paso Robles.

Ver artigo completo

O IMPACTO DA “LEI DE PROIBIÇÃO” NOS ESTADOS UNIDOS
O IMPACTO DA “LEI DE PROIBIÇÃO” NOS ESTADOS UNIDOS

17 janeiro, 2022

Como as leis de proibição tornaram a produção vinícola difícil nos Estados Unidos.

Todos temos a sorte de viver em uma época em que o vinho está a apenas um clique de distância, mas compreender os eventos históricos que influenciaram a cultura do vinho nos Estados Unidos pode nos dar uma visão e apreciação adicionais. Neste texto, vamos analisar o efeito que a proibição dos EUA teve sobre o vinho e o que isso significa atualmente na produção vinícola daquele país. Confira.

Ver artigo completo

A História de Paso Robles
A História de Paso Robles

12 janeiro, 2022

A história que remonta o passado de Paso Robles e faz desta uma das regiões vinícolas mais importantes do país.

Os visitantes da Costa Central muitas vezes procuram a região de Paso Robles para provar das safras de mais de 200 vinícolas espalhadas pelo local, mas é preciso saber aonde ir, uma vez que esta área é um tanto quanto mais “reservada” por assim dizer, e não possui tantos locais de degustação, quanto em outros lugares da Califórnia.

Ver artigo completo