Clos de Chacras - Gran Estirpe Malbec, Mendoza, Argentina 2010

*** 90 Wine Advocate, 90 Decanter

A história desta vinícola, que está entre as mais tradicionais produtoras de vinhos mendozinos, teve início em 1883, quando Bautista Gerónimo Gargantini veio do cantão suíço de Ticino para Mendoza e se associou com o suíço-italiano Juan Giol para fundar uma bodega. Em 1909 ambos se dissociaram e isto deu origem à Bodega Gargantini, décadas à frente convertida em Clos de Chacras. Plantando e colhendo em duas regiões de Mendoza, Lulunta-Maipu e Valle de Uco, quando as uvas estão em seu melhor ponto, a vinificação ocorre em uma edificação de 1921 inteiramente restaurada, por meio de equipamentos modernos, também utilizando barricas de madeira para a maturação.

Boa profundidade de cor, com destaque para as nuances de vermelho arroxeado. Notas de frutas vermelhas, chocolate, baunilha, coco e fumo, destacando a intensidade e complexidade aromática. Na boca muita doçura, taninos suaves e maduros com bom corpo e estrutura. Vinhas com 80 anos de idade.

Dados Técnicos:

Uvas: Malbec.

Apelação: Argentina - Mendoza, Lujan de Cuyo.

Amadurecimento: 18 meses em barricas de carvalho, 80% francês e 20% americana.

 Taxa de Álcool: 14,7%.

Premiações: (2005) 91 Wine Avocate / (2007) 92 pts RP / (2008) 90 pts Stephen Tanzer / (2010) 90 pts Decanter e 90 pts Wine Advocate.


Itens relacionados