A HISTÓRIA VINÍCOLA DA ESPANHA

15 julho, 2021

A HISTÓRIA VINÍCOLA DA ESPANHA

Créditos: Unsplash

A Espanha é uma terra de paisagens deslumbrantes, história rica e uma cultura profunda e complexa na qual o vinho há muito desempenha um papel importante. As videiras são cultivadas na Península Ibérica desde pelo menos 3.000 a.c., embora não tenha sido antes de 1.000 a.c. que a vinificação começou a ser feita no país - uma habilidade trazida por comerciantes fenícios do Mediterrâneo oriental. Hoje, a Espanha é o lar de mais vinhas do que qualquer outro país do planeta e tem uma produção nacional de vinho superada apenas pela França e pela Itália.

AS 17 REGIÕES VINÍCOLAS DA ESPANHA: Todas as 17 regiões administrativas da Espanha (communidades autónomas) produzem vinho até certo ponto, incluindo as Ilhas Canárias e as Ilhas Baleares. A maior concentração de vinhas está em Castela -La Mancha, mas os melhores e mais famosos vinhos vêm da Galiza (Rias Baixas), Catalunha (Cava e Priorat), Andaluzia (Xerez), Castela e Leão (Rueda, Toro e Ribera del Duero) e, claro, Rioja.

CLIMA E GEOGRAFIA: A topografia desempenha um papel fundamental na definição dos muitos estilos de vinho da Espanha. Desde a fresca e verde Galiza e os nevados Pirenéus no norte, passando pelo árido planalto central, até a arenosa e ensolarada Andaluzia no sul, a paisagem espanhola é muito diversificada. O país se estende por sete graus de latitude (36 ° N a 43 ° N), deixando 800 quilômetros (500mi) entre as costas atlântica e mediterrânea. Entre esses dois litorais muito diferentes, existem várias cadeias de montanhas, cada uma das quais tem seu próprio efeito particular na paisagem e no clima locais. A cordilheira Cantábrica, por exemplo, cria contrastes dramáticos entre as exuberantes terras verdes em seu lado atlântico norte e a seca e empoeirada Castilla y Leon em seu lado sul, interior.

VARIEDADES DE UVAS: As variedades de uvas para vinho da Espanha são menos numerosas do que as europeias. Elas também recebem muito menos alarde, já que a indústria do vinho espanhola só recentemente começou a mostrar qualquer interesse na produção e comercialização de vinhos varietais. Várias centenas de variedades são usadas nos vinhedos espanhóis até certo ponto, mas a grande maioria do vinho espanhol é feito de apenas um pequeno número delas. As principais variedades de vinho tinto, por ordem de área cultivada, são: Tempranillo, Bobal, Garnacha e Monastrell. As principais variedades de vinho branco são Airen, Viura/ Macabeo e Palomino e Albarino.

VINIFICAÇÃO ESPANHOLA: Historicamente, a cultura vinícola em toda a Espanha é muito rústica e rica em tradições do Velho Mundo. Os estilos oxidados são comuns, assim como o uso intenso de carvalho americano por longos períodos de envelhecimento em barris. No entanto, nas últimas décadas, a indústria vinícola da Espanha se envolveu em uma grande modernização e na adoção de técnicas do Novo Mundo. O resultado foi uma melhoria significativa em qualidade e confiabilidade.

OS ESPANHÓIS NO MUNDO: A posição da Espanha no mundo do vinho está mudando. Muitos produtores estão se adaptando às demandas do mercado internacional de vinhos, mostrando inovação e oferecendo os produtos favoritos do consumidor e uma relação custo-benefício que realmente vale à pena. O mercado de exportação é agora de importância primordial, até porque o mercado interno está encolhendo, já que o consumo per capita de vinho na Espanha continua caindo ano a ano. E se você ficou curioso para experimentar os sabores vinícolas desta terra, não deixe de acessar nossa sessão especial de vinhos espanhóis, elaborada com muito cuidado para você.

 




Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.


Ver artigo completo

A HISTÓRIA DA VINÍCOLA CASTORO CELLARS: UM DIAMANTE DE PASO ROBLES
A HISTÓRIA DA VINÍCOLA CASTORO CELLARS: UM DIAMANTE DE PASO ROBLES

17 janeiro, 2022

Como quem segue a história do vinho sabe, empresários do vinho são homens e mulheres apaixonados pela bebida, agricultores ou ex-empresários bem sucedidos em outras áreas que resolvem se aventurar pelo mundo dos vinhos por pura paixão e busca de novos desafios.

Niels e Bimmer Udsen não são exceção. Após se cansarem da vida corporativa, resolveram apostar em algo que realmente eram apaixonados quando fundaram sua pequena vinícola em 1983. “Fomos a décima terceira vinícola em Paso Robles”, diz Niels. “Nunca pensei que haveria mais de 300 vinícolas aqui.” Os dois são os fundadores da Castoro Cellars, uma vinícola familiar muito apreciada na região de Paso Robles.

Ver artigo completo

O IMPACTO DA “LEI DE PROIBIÇÃO” NOS ESTADOS UNIDOS
O IMPACTO DA “LEI DE PROIBIÇÃO” NOS ESTADOS UNIDOS

17 janeiro, 2022

Como as leis de proibição tornaram a produção vinícola difícil nos Estados Unidos.

Todos temos a sorte de viver em uma época em que o vinho está a apenas um clique de distância, mas compreender os eventos históricos que influenciaram a cultura do vinho nos Estados Unidos pode nos dar uma visão e apreciação adicionais. Neste texto, vamos analisar o efeito que a proibição dos EUA teve sobre o vinho e o que isso significa atualmente na produção vinícola daquele país. Confira.

Ver artigo completo

A História de Paso Robles
A História de Paso Robles

12 janeiro, 2022

A história que remonta o passado de Paso Robles e faz desta uma das regiões vinícolas mais importantes do país.

Os visitantes da Costa Central muitas vezes procuram a região de Paso Robles para provar das safras de mais de 200 vinícolas espalhadas pelo local, mas é preciso saber aonde ir, uma vez que esta área é um tanto quanto mais “reservada” por assim dizer, e não possui tantos locais de degustação, quanto em outros lugares da Califórnia.

Ver artigo completo