Syrah ou Shiraz? SAIBA TUDO SOBRE UMA DAS UVAS MAIS USADAS DA AUSTRÁLIA.

11 julho, 2020

Syrah ou Shiraz? SAIBA TUDO SOBRE UMA DAS UVAS MAIS USADAS DA AUSTRÁLIA.

Os australianos têm nomes “diferentes” para muitas coisas, por conta da adaptação linguística. Por lá, nem as uvas escapam de tais mudanças. A uva Syrah, originária da França, por exemplo, na Austrália transforma seu nome em “Shiraz”. Neste artigo, iremos conhecer um pouco mais sobre esta variedade, entender sobre sua origem e sobre os mitos e verdades a respeito dessa história.

HÁ MUITO TEMPO

No século IX, a cidade de Shiraz já havia estabelecido uma reputação de produzir o melhor vinho do mundo, e era a capital do vinho do Irã. A exportação de vinho Shiraz por comerciantes europeus no século XVII foi documentada. Conforme descrito por entusiastas ingleses e franceses viajantes da região, durante os séculos 17 e 19o vinho perto da cidade era de caráter mais diluído devido à irrigação do solo, enquanto os melhores vinhos Shiraz foram realmente cultivados em vinhas ao redor da aldeia de Khollar.

VARIEDADES

Estes vinhos existiam em dois estilos diferentes: vinhos secos para beber jovens e vinhos doces destinados ao envelhecimento. Os últimos vinhos foram comparados com "um xerez velho" (um dos vinhos europeus mais visados da época). Aos cinco anos de idade, eram considerados bons bouquet e possuíam notas acentuadas de nozes. Os vinhos Shiraz brancos secos (mas não os doces) eram fermentados com contato significativo com o caule das uvas, tornando-os ricos em tanino.

ATUALMENTE

No Irã moderno, o vinho Shiraz não pode mais ser produzido legalmente devido à proibição do álcool pelo Islã. Antes da Revolução Islâmica em 1979, havia até 300 vinícolas no Irã; agora não há nenhuma. Como um todo, o Irã não é mais um país produtor de vinho, mas os cristãos iranianos têm permissão legal para fermentar vinho.

DESEMBARCANDO NA AUSTRÁLIA

A uva moderna Shiraz, agora conhecida como idêntica à uva Syrah, foi trazida para a Austrália por James Busby, um dos pais do vinho australiano. Busby viajou pela Espanha e França coletando estacas de videira que foram a base da indústria de vinho do país. Apesar de ser geneticamente idêntica, a uva Shiraz tem um sabor e uma aparência diferentes em comparação com seus irmãos europeus, especialmente quando cultivada em climas quentes. O Shiraz australiano é exportado principalmente para os Estados Unidos e países asiáticos, onde é muito apreciado e reconhecido.

VINHOS AUSTRALIANOS

Não é novidade que a Austrália é um dos melhores produtores vitivinícolas do mundo, mas se você quiser conhecer a nossa sessão especial do país, incluindo os vinhos Shiraz, acesse a seleção especial do SmartBuy Wine Club no site e fique à vontade para escolher o seu.




Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.


Ver artigo completo

Paso Robles
Paso Robles

03 agosto, 2020

As vinícolas de Paso Robles são muito famosas na região onde estão localizadas, no estado da Califórnia. Mesmo com grandes nomes da indústria vinícola, há também pequenos locais de gerência familiar que podem produzir apenas alguns vinhos de suas próprias uvas. A região é mais descontraída, rural e despretensiosa do que outras áreas vinícolas dos Estados Unidos. Neste artigo, iremos aprender um pouco mais sobre Paso Robles e seus encantos.

Ver artigo completo

BAROSSA VALLEY: OS VINHOS DO SUL AUSTRALIANO
BAROSSA VALLEY: OS VINHOS DO SUL AUSTRALIANO

03 agosto, 2020

As vinhas da Austrália cobrem 170 mil hectares em diferentes regiões vinícolas de Nova Gales do Sul, Austrália Meridional, Victoria, Austrália Ocidental, Tasmânia e uma área menor em Queensland. O país foi o 7º maior produtor vinícola em 2015 com cerca de 1.200 milhões de litros de vinho produzido. Hoje faremos uma viagem ao sul do 4º maior exportador de vinhos do mundo e vamos conhecer um pouco mais sobre sua cultura vinícola.

Ver artigo completo

BLACKWOOD VALLEY: UM PARAÍSO VINÍCOLA NA AUSTRÁLIA
BLACKWOOD VALLEY: UM PARAÍSO VINÍCOLA NA AUSTRÁLIA

19 julho, 2020

THE BLACKWOOD VALLEY

A Austrália Ocidental, com seu ambiente natural, clima mediterrâneo e solos férteis, é um paraíso para o cultivo de uvas. No coração do sudoeste da Austrália Ocidental, Blackwood Valley é uma verdadeira fuga. Suas colinas suavemente onduladas são cobertas de verde vívido e pontuadas por grupos de árvores imponentes. A região fica a apenas três horas de carro de Perth, mas está repleta de vislumbres de tempos passados: paisagens intactas, florestas antigas e bares pitorescos em cidades diretamente fora de um cartão postal.

Ver artigo completo