OS VINHOS DO ESTADO DO OREGON

05 agosto, 2019

OS VINHOS DO ESTADO DO OREGON

OS VINHOS DO ESTADO DO OREGON

Para os amantes de vinho, é impossível falar do Oregon e não lembrar do Oregon Pinot Noir.

O estado pode ser considerado um verdadeiro paraíso quando o assunto é vinho, e a verdade é que os vinhos do Oregon devem tudo a sua geografia excepcional. Desde as chuvas nas encostas no noroeste, até os altos desertos no leste, e o sul fértil e ensolarado. Essa grande variedade acrescenta muito a indústria do vinho.

Cerca de 400 vinícolas estão operando no Oregon, sendo aproximadamente metade delas localizadas no Vale do Willamette. As cinco principais variedades cultivadas incluem Pinot Noir, Pinot Gris, Chardonnay, Riesling e Cabernet Sauvignon. Oregon ocupa o terceiro lugar nos Estados Unidos, ficando atrás apenas da Califórnia e de Washington, em número de vinícolas. As vendas atingem 1,7 milhão de caixas.

À medida que a indústria vinícola do Oregon continua amadurecendo, os enólogos aventureiros estão se expandindo para áreas menos conhecidas, como a Columbia River Gorge. O Vale Umpqua, no sul do Oregon, é uma das regiões vinícolas de maior crescimento no estado. Os turistas vêm de quase todos os cantos do globo para apreciar a beleza natural intocada de suas costas rochosas, florestas densamente arborizadas e picos cobertos de neve, mas o turismo do vinho é a maior razão para as visitas ao estado.

Agora, que já falamos do estado, chegou a hora de falar de vinho! Vem com a gente ler sobre as características dos principais vinhos produzidos no Oregon:

Pinot Noir

O vinho mais importante do Oregon é muito diferente dos seus vizinhos californianos. Os vinhos tendem a ser mais leves, com sabores picantes de frutas vermelhas, pimenta-da-jamaica e notas terrosas do chão da floresta.

Pinot Gris
Embora a Pinot Gris seja a segunda variedade mais plantada no Oregon, ela pode ser a mais subestimada. Os Pinot Gris do Oregon são surpreendentemente ricos e um tanto esfumados, com sabores brancos de pêssego e de limão. O estilo pode ser comparado aos que vêm da Alemanha ou da Nova Zelândia.

Chardonnay

O Chardonnay do Oregon chama bastante a atenção internacional por causa de sua semelhança com o branco Borgonha. O clima mais frio confere aos vinhos um corpo mais leve, com frutas magras, notas mais finas e maior acidez. 

Riesling

Não há muito Riesling no estado, o que é uma pena, pois quando bem feito, esses vinhos são bastante semelhantes em sabor e estilo do Riesling de Pfalz na Alemanha. Alguns produtores estão experimentando estilos mais secos e tem sido um grande sucesso.

Cabernet Sauvignon
Pela diferença de clima e solo dentro do próprio estado, o Cabernet Sauvignon pode variar muito de região para região. Assim, variedades como Cabernet Franc e Syrah estão se tornando cada vez mais populares.

Tempranillo

Embora as plantações de Tempranillo sejam incrivelmente raras no Oregon, esse potencial de viticultura cresceu na região sul. O clima parece ser surpreendentemente parecido com Rioja Alta, produzindo vinhos com sabores elegantes, com notas de cereja, amora e couro.

Agora que já lemos o suficiente para ficar com água na boca, que tal um vinho para relaxar? Temos um Pinot Noir do Oregon incrível em nosso site! Corre para não passar vontade!

 

*Crédito ao livro Wine Folly. 




Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.


Ver artigo completo

A HISTÓRIA DA VINÍCOLA CASTORO CELLARS: UM DIAMANTE DE PASO ROBLES
A HISTÓRIA DA VINÍCOLA CASTORO CELLARS: UM DIAMANTE DE PASO ROBLES

17 janeiro, 2022

Como quem segue a história do vinho sabe, empresários do vinho são homens e mulheres apaixonados pela bebida, agricultores ou ex-empresários bem sucedidos em outras áreas que resolvem se aventurar pelo mundo dos vinhos por pura paixão e busca de novos desafios.

Niels e Bimmer Udsen não são exceção. Após se cansarem da vida corporativa, resolveram apostar em algo que realmente eram apaixonados quando fundaram sua pequena vinícola em 1983. “Fomos a décima terceira vinícola em Paso Robles”, diz Niels. “Nunca pensei que haveria mais de 300 vinícolas aqui.” Os dois são os fundadores da Castoro Cellars, uma vinícola familiar muito apreciada na região de Paso Robles.

Ver artigo completo

O IMPACTO DA “LEI DE PROIBIÇÃO” NOS ESTADOS UNIDOS
O IMPACTO DA “LEI DE PROIBIÇÃO” NOS ESTADOS UNIDOS

17 janeiro, 2022

Como as leis de proibição tornaram a produção vinícola difícil nos Estados Unidos.

Todos temos a sorte de viver em uma época em que o vinho está a apenas um clique de distância, mas compreender os eventos históricos que influenciaram a cultura do vinho nos Estados Unidos pode nos dar uma visão e apreciação adicionais. Neste texto, vamos analisar o efeito que a proibição dos EUA teve sobre o vinho e o que isso significa atualmente na produção vinícola daquele país. Confira.

Ver artigo completo

A História de Paso Robles
A História de Paso Robles

12 janeiro, 2022

A história que remonta o passado de Paso Robles e faz desta uma das regiões vinícolas mais importantes do país.

Os visitantes da Costa Central muitas vezes procuram a região de Paso Robles para provar das safras de mais de 200 vinícolas espalhadas pelo local, mas é preciso saber aonde ir, uma vez que esta área é um tanto quanto mais “reservada” por assim dizer, e não possui tantos locais de degustação, quanto em outros lugares da Califórnia.

Ver artigo completo