SUL DA FRANÇA: UMA DAS REGIÕES VINÍCOLAS MAIS IMPORTANTES DA EUROPA

05 março, 2021

SUL DA FRANÇA: UMA DAS REGIÕES VINÍCOLAS MAIS IMPORTANTES DA EUROPA

Créditos: Unsplash

Saiba mais detalhes sobre a região sul da França, uma das mais importantes na produção vinícola mundial.

A França é um dos países do velho mundo que possui a reputação de produzir alguns dos melhores rótulos de vinhos finos do planeta. Isso ocorre, também porque boa parte dos vinicultores franceses atravessaram séculos cultivando videiras e estudando-as de certa forma, prestando atenção às diferenças entre vinhos, lotes e terras. A França continua sendo um dos maiores produtores de vinho, com vinhos de todos os estilos e níveis de qualidade provenientes de centenas de denominações exclusivas em todo o país, mas hoje, em especial falaremos de uma das regiões mais importantes daquele país, o sul da França.

O SUL DA FRANÇA: Rodeado pelas montanhas dos Pirenéus e pelo Oceano Atlântico, o sul da França parece algo saído dos livros de histórias. Aldeias medievais pitorescas, florestas de carvalhos, praias de areia e colinas verdes ondulantes pintam as paisagens. Embora a área pastoral seja conhecida por sua agricultura, ofertas gastronômicas e igrejas históricas, também é o lar de uma vibrante cena vinícola. Existem mais de 120.000 acres de vinhedos, uma das maiores áreas de vinificação do país e 42 regiões designadas.

ALGUMAS REGIÕES DO SUL DA FRANÇA:

VALE DO RHONE: Vale do Rhone ocupa a região vinícola mais antiga da França, com quase 600 anos. Está dividida em duas regiões vitivinícolas - a parte norte produz apenas 5% da produção total de vinho, enquanto o sul é responsável por enormes 95%. O Vale do Rhone é famoso por vinhos como os tintos vibrantes de Châteauneuf-du-Pape e por lá é possível encontrar vinhedos ao longo do rio, mas também nas montanhas, em encostas íngremes e nas planícies do delta do Rhone. Para o turista do vinho, há mais de 200 km do Vale do Rhone para descobrir, incluindo um punhado de castelos medievais e a bela cidade murada de Avignon.
LANGUEDOC: Alimentados pelo sol mediterrâneo e pela riqueza de suas diferentes regiões vinícolas, os vinhos do Vale de Languedoc têm personalidade própria, sejam tintos, brancos, rosés ou espumantes. Eles fazem parte do rico patrimônio cultural e culinário da região. Suas vinhas estão espalhadas por 245.000 hectares e são um dos maiores vinhedos da França, bem como um dos mais antigo do país. De Nîmes a Aude, de Montpellier a Carcassonne, das montanhas ao mato e ao mar, as paisagens dos vinhedos passam enquanto você percorre as rotas do vinho do Vale de Languedoc.
PROVENÇA: Historicamente especializada em rosé, a região de Provença – ao sul da França - tem uma história de viticultura milenar. Suas vinhas estendem-se por paisagens em constante mudança, em torno de cidades históricas, na costa do Mediterrâneo e no interior. Dos portões de Nice à região de Camargue, a rota do vinho da Provença leva você do litoral às montanhas e vilas pitorescas no alto. Reúne 430 vinhedos e adegas cooperativas, todos comprometidos com a qualidade. Isso lhe garante uma experiência personalizada, degustações de vinhos com um especialista (às vezes é cobrada uma taxa) e visitas às caves e vinhedos (às vezes com hora marcada).

Se gostou deste artigo, compartilhe-o em suas redes sociais!

 




Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.


Ver artigo completo

A HISTÓRIA DA UVA GARNACHA
A HISTÓRIA DA UVA GARNACHA

16 julho, 2021

A Garnacha é uma uva de vinho tinto cultivada extensivamente na França, Espanha, Austrália e Estados Unidos. É particularmente versátil tanto na vinha como na adega, o que pode explicar porque é uma das uvas mais utilizadas na produção de blends do mundo inteiro. E para saber mais sobre este sabor inconfundível, fomos atrás de conhecer a história desta que é uma das uvas do velho mundo mais utilizada na produção de excelentes vinhos. Confira a seguir, tudo o que descobrimos sobre a Garnacha.

Ver artigo completo

A HISTÓRIA VINÍCOLA DA ESPANHA
A HISTÓRIA VINÍCOLA DA ESPANHA

15 julho, 2021

A Espanha é uma terra de paisagens deslumbrantes, história rica e uma cultura profunda e complexa na qual o vinho há muito desempenha um papel importante. As videiras são cultivadas na Península Ibérica desde pelo menos 3.000 a.c., embora não tenha sido antes de 1.000 a.c. que a vinificação começou a ser feita no país - uma habilidade trazida por comerciantes fenícios do Mediterrâneo oriental. Hoje, a Espanha é o lar de mais vinhas do que qualquer outro país do planeta e tem uma produção nacional de vinho superada apenas pela França e pela Itália.

Ver artigo completo

DESCOBRINDO A ESPANHA: OS VINHOS DE TORO!
DESCOBRINDO A ESPANHA: OS VINHOS DE TORO!

10 julho, 2021

Toro é uma região vinícola de Castela e Leão, no noroeste da Espanha, e está se tornando cada vez mais conhecida por seus vinhos tintos poderosos e encorpados feitos de Tina da Toro (Tempranillo). Em Toro também são feitas pequenas quantidades de vinho branco. Seu nome vem da cidade de Toro, um antigo assentamento a apenas 65 quilômetros a leste da fronteira portuguesa. Toro está localizado no rio Douro, que corta a metade norte da região e por este pedaço encantador e surpreendente da Espanha que iremos passear hoje. Neste artigo, vamos desvendar todos os segredos de Toro para você e conhecer mais sobre esta região tão famosa por seus vinhos.

Ver artigo completo